“Há poucas ocasiões para fazer filmes que interessem a um público mais velho”, disse o ator Robert Redford, de 81 anos, na estreia mundial do filme “Our Souls at Night”, durante o Festival de Cinema de Veneza, fazendo referência ao fato de a indústria cinematográfica orientar suas produções preferencialmente para o público jovem.

Ele e atriz Jane Fonda, de 79, foram homenageados com um Leão de Ouro honorário pela longeva e bem sucedida carreira no cinema.

Baseada na obra de Kent Haruf, o filme é uma produção da Netflix dirigida pelo indiano Ritesh Batra. Deve estar disponível para os assinantes do Brasil no fim de setembro. A história é sobre esperança, amor e sexo na velhice. Em entrevista coletiva, Jane Fonda deixou o seguinte recado: “Nunca é tarde quando se tem coragem e se está disposto a assumir riscos”.

No filme, Jane Fonda faz o papel da viúva Addie Moore que, sentindo-se solitária, convida o vizinho aposentado Louis Waters (Redford) para dormir com ela, sem qualquer compromisso. A ideia era apenas conversar e espantar a solidão, mas aos poucos o casal vai construindo uma relação mais profunda.

O romance se passa em uma pequena cidade do Colorado (EUA).

Veja aqui trechos da premiação e da entrevista coletiva.